Get Adobe Flash player

Who's Online

Nós temos 45 visitantes online

Statistics


Warning: Creating default object from empty value in /home/appli617/public_html/hudsonwillian/modules/mod_stats/helper.php on line 106
Visualizações de Conteúdo : 505928

Translate

Home Depoimentos

Depoimentos

depoimentos_site

 


Ao contrário do que vejo em muitos sites em que este tópico é meramente ilustrativo, criei este espaço para todos meus alunos que em algum momento se sentirem a vontade para escrever sobre seus sentimentos com relação a nossa arte e os benefícios trazidos a sua vida.

Abaixo, seguem os depoimentos:

 

 

 
Grande Sifu!
Desejo muito sucesso com a sua nova academia, que de tudo certo, como vem acontecendo há anos em suas salas de treino, onde eu tive meu primeiro contato com artes marciais, tenho muito a agradecer ao senhor, contribuiu muito para minha formação, tenho saudades do ambiete saudavel e da boa vontade que o senhor tem para ensinar! Muito obrigado, muito sucesso em sua vida!!

olavo

Olavo Ferraz Carrara - Bauru SP

 

é, sifu.. acho que eu não preciso falar muito pra mostrar o quanto eu gosto de você né? o quanto te admiro. o quanto te considero, o quanto te escuto! claro que nunca certo tudo de primera né -.-' mas é sempre essa a intenção. quero te agradecer por tudo o que fez por mim! que fio através de você que pude ver o mundo de outra forma. e o mais impressionante é que eu TO FALANDO SÉRIO! :D Sifu, eu te ADORO MUITO :* sou eternamente grata por ter um professor assim na minha pequena vida! ♥
OBRIGADA POR TUDO SIFU!

 

isabela

Isabela Maeda - Bauru SP

 

 

Parabens, Mestre...seu esforço e dedicação sempre lhe renderão vitorias. Estou orando e torcendo.

 

everaldo

Everaldo Hung - São Paulo SP

 

 

Você ensina muito mais que enfrentar inimigos, vc ensina como enfrentar a vida,
grato eternamente, meu sifu Hudson Willian!

 

leo_knoll_depo

Leonardo Knoll - Bauru SP

 

 

Grande Sifu!!!
Paizão de toda galera que esta em volta dele. Sempre passado o bom e o melhor de sua sabedoria!
Obrigado por receber seu filho de volta a casa.
E obrigado por ser um braço forte em um momento muito dificil em minha vida.
Ficará marcado pra sempre esse simples gesto de acolhimento.
Deus lhe abençoe em seus novos planos de tua carreira.
E continue essa pessoas especial, humilde.
Grande abraço do Jony, Bomber kkkkkkkkkkkkkk
Fique com Deus!!!!!!!!!

 

gustavo

Gustavo Quessada - Bauru SP

 

 

 

Meu nome é Eric Murakawa, também conhecido como Sakura, apelido que me foi dado no primeiro dia de aula e ficou até hoje.

Comecei a treinar no dia 30/11/2006 e continuo a treinar até hoje. 
No decorrer desses anos, eu tive uma grande evolução, no Kung fu e principalmente como pessoa.    Meu Sifu  exigi sempre o melhor, e isso faz  toda a diferença, fazendo eu dar meu máximo. 
Agradeço tudo que meu Sifu me ensinou e fez por mim, ele mudou minha visão de mundo e me ensinou a superar os obstáculos que a vida coloca na minha frente. 
Kung Fu é muito mais que lutar, é um autoconhecimento, é você enxergar seus limites e seus erros, e a partir disso, você lutar para superar eles.   Mas isso é uma pequena parte de tudo que realmente aprendi e vivi com meu Sifu  , porque palavras não vão conseguir expressar todas a experiências e ensinamentos que ele me proporcionou. Muito obrigado Sifu por tudo que você fez por mim.

 

 sakura

Eric Murakawa - Bauru SP

 

 

 

"Em um certo momento um grupo de Artistas Marciais praticantes de Kung Fu, sentiu-se  orfãos e
descartados, até que se  concientizaram que como lutadores e por amor ao que praticavam deveriam manter-se
unidos e teriam forças para recomeçar e seguir um caminho que fosse igual para todos. Neste momento pudemos contar com
a confiança, respeito e amizade do Shifu Hudson William que entendeu nossa proposta e nos ajudou no momento em
que mais precisavamos, no momento em que tentaram nos desistimular de todas a maneiras, o Shifu Hudson nos
estendeu a mão e hoje somos uma realidade dentro da modalidade.
Deixo aqui então nossos sinceros agradecimentos e votos de muito sucesso.

 

maciel_depo

José Maciel
Professor de Hung Gar discipulo do GM Li Hon Ki
Associação Tigres e Dragões de Kung Fu - Bauru/SP

 

 

Chamo me Luiz Gustavo O. Daré, porém em uma de minhas famílias sou chamado carinhosamente de Bob. Comecei a treinar Sanda há quase 5 anos(com 14 anos,hoje possuo 18 beirando 19) wing chun há 2 anos e tive uma breve passagem pelo hung –gar; estas modalidades tiveram tamanha influência no molde de minha personalidade que nem eu próprio saberia medir as dimensões.
Considero meu Sifu e alguns de meus colegas marciais uma família e um porto seguro; sendo sua séde a academia; a academia é meu micro-cosmo para eu enfrentar meus “demônios” e assim ter maior êxito no macro-cosmo (a vida); em outras palavras com a idéia exposta de maneira mais singela: “A Academia é meu rascunho para a vida.”
Obrigado por tudo Sifu.


bob_depo

Bob.

 

Meu nome é Moacir Richard Laureano, sou professor de Geografia aqui na minha cidade em ( Cornélio Procópio – PR ) tenho 38 anos e minha vida inteira sempre gostei de artes marciais, em especial Wing Chun, por causa dos filmes de Kung  Fu e principalmente de Bruce Lee que era o meu ídolo na época de criança. Foi uma longa busca, até encontrar o Sifu Hudson Willian, uma pessoa especial e muito determinada no que faz que possui muitas qualidades e além de mestre é um amigo de seus alunos, aconselhando e motivando em todas as etapas do treinamento.

Em Bauru – SP encontrei o verdadeiro significado de família Kung Fu. Tenho todos no meu coração e em especial meu Sihing Eric Murakawa ( Sakura ) que teve muita paciência comigo durante minha estadia e o grande Mestre Hudson Willian que me fez olhar além da minha ignorância no Kung  Fu e me ajudou a crescer  um pouco mais como pessoa.

Obrigado por tudo Sifu Hudson Willian ! 

moacir_depoimento

Moacir Laureano 

 

Agradeço publicamente a receptividade da familia applied Bauru sp,na pessoa do meu sihing HUDSON SENA,e do sihing ERIK MURAKAWA,durante nossa estadia para treinamento nesta cidade.Dor,suor e lagrimas.Mas espirito e união da verdadeira arte marcial chinesa.Agradecimento especial ao meu shifu LI HON KI,por me aceitar como membro desta familia,apesar de meus poucos méritos.

giovani

Professor Giovani Santos


Años atrás, comencé a asistir a charlas Budistas Tibetanas, adoré la forma en que problemas cotidianos eran abordados para luego ser resueltos.
Un día, en una enseñanza Budista escuché “no importa que yo les diga lo que es bueno o malo, o si les digo lo que deben hacer o no…ustedes mismos son quienes deben decidir a través de la propia práctica y de sus experiencias lo que es bueno o malo para ustedes y los demás”.
Cuando comencé a aprender Wing Chun, no sabía si las técnicas realmente me servirían para una lucha real. Hasta que un día leí a Sikung Duncan Leung “No acredite lo que yo le digo tan solo porque yo lo digo…vaya y compruébelo usted mismo.”
Fueron esas palabras las que me hicieron entender que Applied Wing Chun era diferente…y que para aprenderlo verdaderamente debía hacer un esfuerzo al que muchos no se atreven: “experimentar su aplicación dónde y cómo fuera, sin temor.”
Pasé meses intentando poner a prueba lo que aprendí durante 2 años, ver y practicar otros estilos, luchar y quebrarme diversas partes de mi cuerpo…ganar y perder. Aún así sentía que faltaba algo más…por eso vine a Brasil, específicamente a Bauru, porque sentí que mi búsqueda tendría una respuesta aquí.
No bastaron más de un chute de Sifu Hudson y de Sakura para sentir y darme cuenta que lo que buscaba se encontraba dentro del dolor de cada una de esas patadas. La eficacia estaba no en varios golpes como otros sistemas, estaba en un solo golpe o patada.
Experimenté semanas con mucho dolor, machuqué y quebré! Mas era la única forma de sentir y experimentar lo que debo aprender y seguir entrenando.
En Budismo decimos que el dolor no es algo de lo que uno deba arrancar o extirpar, el dolores útil porque nos sirve para “despertar.” Cuando un bicho nos muerde, experimentamos dolor, nuestro cuerpo despierta y somos capaces de “despertar” de lo que estabamos haciendo para poder alejar al bicho de nuestro cuerpo. Si nos clavamos algo en el cuerpo, el dolor nos ayudará a saber dónde debemos sacar eso que nos causa dolor.
En Applied Wing Chun es lo mismo, el dolor nos enseña a “despertar”, despertar de esa comodidad en la que se convierte el entrenamiento diario entre quienes pegan menos fuerte que uno, entre quienes ya conocemos, entre quienes nos sentimos confortables…el dolor nos “despierta” de esa comodidad para darnos cuenta de lo que estamos haciendo mal, para luego con todas nuestras energías y humildad, podamos mejorar.
Agradezco enormemente, a todos en Bauru, a cada alumno del Mokwon, a cada amigo y amiga que hice en Bauru, a Eric Murakawa, que día a día me enseñó con una paciencia infinita…y sobre todo a mi Si Sok Hudson Willian por haberme ayudado a “despertar”. Por haberme enseñado que la única forma de mejorar es siendo HUMILDE…pues quien no es humilde, no puede mejorar…de más está mencionar a Sikung Li Hon Ki, quien con gran esfuerzo hizo llegar el Applied Wing Chun Kung Fu a Brasil. Espero con ansias poder compartir palabras con él algún día y sepa que en Chile estaremos eternamente agradecidos de su labor y enseñanza.
RAUL
RAUL CORNEJO REYES - APPLIED WING CHUN CHILE.
TRADUÇÃO
Anos atrás, comecei a assistir a palestras budistas tibetanos, eu amei como eles foram abordados os problemas cotidianos e depois resolver.
Um dia eu ouvi um ensinamento budista, "não importa o que eu digo que é bom ou ruim, ou se eu te disser o que fazer ou não ... você deve decidir quem são através da sua própria prática e suas experiências como é bom ou ruim para você e os outros. "
Quando eu comecei a aprender Wing Chun, eu não sabia se as técnicas realmente servir-me de uma luta real. Até que um dia eu li Duncan Leung Sikung "Não creditar o que eu digo só porque eu digo ... ir e ver por si mesmo."
Foram essas palavras que me fizeram perceber que Applied Wing Chun era diferente ... e que realmente deve aprender a fazer um esforço que muitos não se atrevem "a experiência onde e como sua aplicação fora sem medo."
Passei meses tentando testar o que aprenderam durante 2 anos, ver e tocar outros estilos, lutar e quebrar minhas várias partes do meu corpo ... ganhar e perder. Mas algo estava faltando ... então eu vim para o Brasil, Bauru, especificamente, porque eu senti que minha pesquisa teria uma resposta aqui.
Não é o suficiente ao longo de um tiro de Sifu Hudson e Sakura para sentir e perceber que o que eu queria era dentro da dor de cada um desses chutes. A eficácia não foi em vários sucessos, como outros sistemas, estava em um único golpe ou pontapé.
Semanas, com um monte de dor experimentada, mash e quebrou! Mas era a única maneira de sentir e experimentar o que eu aprender e continuar treinando.
No Budismo dizemos que a dor não é algo que se deve iniciar ou eliminar a dor útil porque serve para "acordar". Quando um inseto pica nós, sentimos dor, seu corpo acorda e somos capazes de "despertar" da que estávamos fazendo para afastar o bug em nosso corpo. Se você pregado algo no corpo, a dor vai nos ajudar a saber onde puxar que nos leva a dor.
Na Applied Wing Chun é a dor, mesmo nos ensina a "acordar" o despertar de que o conforto que faz com que o treinamento diário entre aqueles que furar a um menos forte entre aqueles que já conhecem, entre os quais nos sentimos confortáveis ​​... dor nós "acordar" do que o conforto para perceber o que estamos fazendo de errado, então com toda nossa força e humildade, podemos melhorar.
Eu aprecio muito, todos em Bauru, todo estudante de Mokwon, cada amigo e amiga que eu fiz em Bauru, Eric Murakawa, que a cada dia me ensinou a paciência infinita ... e especialmente se minha Sok William Hudson por ter ajudou a "despertar". Para ensinar-me que a única maneira de melhorar é ser humilde ... para aquele que é humilde, não pode melhorar ... vai sem menção Li Hon Ki Sikung, que com grande esforço consegui o Applied Wing Chun Kung Fu no Brasil. Estou ansioso para compartilhar palavras com ele um dia e saber que no Chile somos eternamente gratos pelo seu trabalho e ensino.

RAUL CORNEJO REYES - Applied Wing Chun - Santiago Chile

Meu nome é Daniel Reis, tenho 38 anos e acompanho artes marciais desde os 8 anos de idade. Já pratiquei vária lutas e 3 linhagens de Wing Chun.
Ouví falar do Apllied Wing Chun por volta dos anos 90 através da extinta Revista Kiai, lendo sobre uma reportagem do mestre Li Hon Ki, inclusive eu acho que a família não usava o nome Applied Wing Chun.
     O que me levou a procurar o Applied Wing Chun foi a paixão que tenho pelo Wing Chun, pois sempre ouvia falar que era um estilo eficiente e prático, mas as linhagens que eu treinei antes não me satisfizeram.. Atualmente, eu treino Sanshou, Shuai Jiao e Jiu- Jitsu aqui em Belo horizonte, mas não esqueci o Wing Chun e felizmente em buscas na internet , eu encontrei o site AWCb e depois o do mestre Hudson. Entrei em contato, mas sem muita esperança que o mestre fosse me responder. Então para minha surpresa , o mestre me respondeu rápido rápido e começamos a nos comunicar via e-mail e marcamos o meu treinamento para o feriado de junho de 2012.
          Os treinos são extremamente cansativos e duros, mas tudo é explicado, sem rodeios, sem fantasias e o que mais me impressionou foi o fato que você aprende tendo uma aplicação para a luta real. Eu pensei: Até que enfim encontrei um Wing Chun que conseguiu satisfazer aos meus anseios enquanto arte marcial.
     Mudou muito a minha visão sobre as artes marciais, há momentos que o treino é tão duro e cansativo que eu pensava: O que estou fazendo aqui?
Não foi uma ou duas vezes que eu quase chorei de dor. Era feriado de junho, lá em Baurú ,estava frio demais, tinha deixado minha namorada e família em Belo Horizonte. Mas aí lembrava: Quanto vale um sonho? Como eu quero lembrar de mim daqui a alguns anos? O que eu quero contar para meus filhos?
       O importante não é ser o melhor lutador, não é prêmio e nem medalhas, mas sim aprender que nada na vida vem sem sacrifício e só depende de você, pois quando você quer, o universo dá um jeito de ajudar.
              Não tenha vergonha de ter medo e de sentir dor, eu enfrentei-os. Me tornei um ser humano um pouco melhor e mais digno.
        Derrubar o ego, sempre!
       Agradeço do fundo do meu coração ao Sihing Sakura por me buscar e me levar para pousada, pela paciência(principalmente)e dedicação de ter me ajudado em meus treinos. Ao Sifu Hudson pelos esclarecimentos, ensinamentos, conversas, paciência e dedicação com a família Applied Wing Chun. Ao Emerson que junto do sinfu me levou para rodoviária para ir embora para Belo Horizonte. E finalmente, ao sifu Li Hon Ki por dedicar a sua vida em prol do Wing Chun e a família Wing Chun Bauru por ter me recebido tão bem em meu treinamento.
 daniel 
Daniel Reis