Get Adobe Flash player

Who's Online

Nós temos 36 visitantes online

Statistics


Warning: Creating default object from empty value in /home/appli617/public_html/hudsonwillian/modules/mod_stats/helper.php on line 106
Visualizações de Conteúdo : 511627

Translate

Home Artigos Artigo - Duncan Leung e Ip Man

Artigo - Duncan Leung e Ip Man

                                                       Duncan Leung e Ip Man – Por Grão Mestre Duncan Leung
                           Partes do capitulo 10 do livro Wing Chun Warrior que fala sobre a relação do jovem Duncan e Ip Man. (Tradução de Douglas Ferreira)

                                                        Wing Chun Warrior - Chapter 10 - Yip Man And I (parts)

 

 

Uma competição entre Wong Shen-Leung (黄淳梁 Huang Chun-Liang), representando o Wing Chun e um outro jovem, Ni Wo-tang (倪沃棠), representando o estilo "Garça Branca" (White Crane), que aconteceu em uma típica plataforma cercada por cordas. Quando o apito foi assoprado, Huang chutou primeiro, ele então seguiu com uma seqüência de socos, alguns dos quais ele acertou, Ni foi dando socos em Huang e foi sendo perseguido em torno do ring, o sangue escorria do nariz de Ni, mas Huang estava esgotada e cansado de persegui-lo. Finalmente, o árbitro parou o combate, declarando que a luta teve um empate, pois ambos os adversários tinham sangrado e foram feridos


Foi um anticlímax para a luta mais divulgada na colônia.Espectadores dispersos em decepção. A luta em si não impressionou ninguém, incluindo eu.

A imprensa aproveitou o evento, Reclamações e reconvenção foram publicadas. A competição, que deveria ter terminado em um empate, continuou nos jornais, Como resultado, surgiu uma certa inimizade entre Wing Chun e Garça Branca, que durou um longo tempo.
torneios não oficiais entre Wing Chun e outros estilos ocorriam com freqüência.

Os resultados eram praticamente os mesmos - nunca havia claramente um vencedor e perdedor, basicamente, os adversários trocavam golpe e chutes.

Os lutadores geralmente sangravam e tiravam sangue, ambos se feriam no final da partida, os lutadores de Wing Chun sofriam também.
Depois de assistir a estes torneios, e vendo os resultados, tomei coragem e fui falar com Sifu.

"Sifu, eu quero sair do Wing Chun".

"Porquê?"

"É inútil".

"Seja paciente, em poucos anos você vai ser um bom
lutador, porque você tem talento. "

"Tenho acompanhado todas essas lutas. Meus irmãos mais velhos de Kung Fu têm aprendido e praticado todos estes anos e eles nunca vencem as lutas de forma convincente. Eles podem vencer, mas eles são atingidos tantas vezes também. Se isto é todo o Wing Chun você vai me ensinar, eu estou parando. "

"Hung Chai, você quer lutar melhor?"

"Sim, Sifu.”

"Você tem dinheiro?"

"Sim." Eu respondi sem hesitar.

"Você pode pagar trezentos dólares por mês?"

"Eu posso pagar isso, mas por que eu deveria? "

Sifu então me mostrou algumas coisas e foi como se uma lâmpada tivesse sido acesa na minha cabeça. De repente, tudo fez sentido para mim, porque o que ele demonstrou foi tão lógico.

Mas Sifu ficou surpreso por uma criança poder na verdade entender.

Eu não tinha noção do que HK$300 representava. O que faria uma criança mimada de 13 anos de idade saber sobre o valor do dinheiro? Na verdade, trezentos dólares de Hong Kong por mês era um monte de dinheiro na época, mas eu não sabia até eu ficar mais velho. Essa era a época dos refugiados escapando por trás da cortina de bambu, muitos deles viviam em barracos nas colinas, eram inúmeros os mendigos, andarilhos e desabrigados. Ter qualquer tipo de trabalho era considerado sorte.

Naquela época, uma “amah” (empregada domestica) que
limpava, lavava a roupa, cozinhava recebia apenas HK $ 30 por mês, um motorista particular que dirigia e limpava o automóvel, recebia HK $ 80 por mês. Mesmo as escolas de empregados licenciados pelo Governo pagavam somente HK $ 180 por mês!

Cada um dos alunos regulares de Ip Man pagavam HK$8 por mês para aprender com ele. Perguntei ao Sifu o que ele ia me ensinar. Ele me contou sobre o soco de colisão - como chutar, com força a partir da cintura e base. E o mais importante, Sifu me explicou as teorias do Wing Chun de forma que fazia muito sentido para um menino de 13 anos como eu poder entender facilmente. Fiquei muito feliz quando eu fui para casa.

Eu mal podia esperar, e voltei a escola do Sifu no dia seguinte. Ele ficou surpreso por eu estar de volta tão cedo. E ele ficou ainda mais surpreso que eu fui com o dinheiro. Eu acho que ele olhou para mim como um presente dos céus. Não poderia haver qualquer dúvida de minha sinceridade e determinação.

E por trezentos dólares por mês, ele levaria tempo e teria a paciência para me explicar e entrar em detalhe e me certificar de ter aprendido.
Após o ritual de três ajoelhadas e nove reverências me tornei seu discípulo formal e comecei a aprender Wing Chun Kung Fu de verdade. Sifu me ensinou e sempre me corrigiu.

Nós fomos para trás e para frente até que eu descobri a melhor maneira
da aplicação das técnicas.

Durante os próximos quatro anos, aprendi tudo sobre como aplicar Wing Chun. Eu era rápido em aprender e eu Mergulhei na prática, com média de seis horas por dia, eu esgotava ele, sendo muito agressivo sobre a aquisição de seus conhecimentos. Nossa relação foi além de Sifu discípulo, ele era como um pai para mim, eu acho que foi quase como uma experiência para ele - um desafio, como Eliza Doolittle foi para Henry Higgins no filme My Fair Lady. Mas a nossa união era estritamente artes marciais: nenhum de nós tinha qualquer interesse em discutir outros temas.

Sifu era um homem muito agradável. Ele não dizia não para qualquer um que lhe fizesse uma pergunta, relacionada ao Kung Fu ou não. Suas respostas, apesar de não serem necessariamente diretas, eram sempre positivas e encorajadoras.

Mesmo antes que eu comecei a estudar com ele, eu poderia não deixar de notar que vários alunos realizaram as mesmas técnicas de forma diferente. No entanto, Sifu sempre dizia aos alunos que eles estavam corretos e que "apenas continue praticando". Assim, cada aluno passou a acreditar que o jeito que ele estava praticando era o caminho certo. Quando um aluno perguntava, ele sempre respondia com uma pergunta:


"Bem, o que você acha?" Não importava qual era a resposta, ele sempre dizia "Sim, você está certo. Excelente!" ou palavras com esse efeito.

Eventualmente, houve contendas entre os estudantes de alto nível cujos movimentos e técnicas estavam corretos e eficazes, porque Sifu tinha dito a cada um que estavam certo.

"Sifu, como é que os mesmos movimentos e técnicas são realizados de forma diferente por cada um de nós? "

"Você é muito jovem para entender o porquê, direi quando ficar mais velho."

Essa foi a resposta que eu tive naquele momento!

Ainda assim, os boatos circularam entre os alunos seniores que Ip Man retia na fonte de conhecimento de seus alunos para manter a sua superioridade. Se ele ensinasse tudo, então não haveria nenhuma diferença entre ele e seus alunos.


A palavra era que ele estava protegendo o seu sustento. Alguns de seus alunos já haviam aberto escolas de Wing Chun a uma curta distância da sua, a concorrência era direta com ele. Ele cobrava oito dólares por mês, e alguns dos seus alunos estavam cobrando menos a disputa por alunos era feroz.


Desde que Ip Man foi o Sifu de todos eles, aqueles que poderiam pagar oito dólares iriam estudar em sua escola, aqueles que poderia pagar menos iam para seus alunos. Oito dólares de Hong Kong foi considerado uma grande soma de dinheiro, então, quando trabalhava fazia cinqüenta ou sessenta dólares por mês.

Uma vez perguntei ao Sifu: "Será que os alunos seniores aprenderam tudo de você?" Ele encolheu os ombros e respondeu:" Eles já dão aulas, e têm suas próprias escolas, eles não precisam mais vir até a mim. "

 

 

equipe_do_Brasil_do_Mestre_Hudson_Willian_em_treinamento_na_China_com_Mestre_Li_Hon_Ki_e_Mestre_Duncan_Leung